sábado, julho 21, 2018

Pensar

Os valores passam. E as religiões. E todos os sistemas complicados de madura reflexão. E o mais. O homem fica. Como não fixar nele o absoluto de tudo? Decerto um dia morrerá também. Mas o antes e depois dele não existem. Valerá a pena falar disso? Valerá mesmo a pena insistir no valor da vida, que é a evidência primeira antes de toda a evidência? deixa os outros discutirem entre si a enrolarem-se na aflição de concluírem o que tu já concluíste ao abrires os olhos sobre ti. Antes e depois não há mais nada. E no intervalo está tudo. Não há razão nenhuma que demonstre que o sol existe, excepto o existir. Negar a razão à vida é dá-la à morte. Porque é que hás-de fazer a troca? Olha o sol. Aquece-te. Estás bem.

Vergílio Ferreira, Pensar,
Bertrand Editora.

quinta-feira, maio 03, 2018

APLG - 30 Anos

A APLG (Associação de Professores de Latim e Grego) comemora 30 anos de existência e trabalho em defesa da Cultura e das Línguas Clássicas. Segue-se o programa das comemorações e a respectiva ficha de inscrição.






terça-feira, março 20, 2018

sábado, janeiro 20, 2018

Nascemos para amar

Nascemos para amar; a Humanidade
Vai, tarde ou cedo, aos laços da ternura.
Tu és doce atrativo, ó Formosura,
Que encanta, que seduz, que persuade.
Enleia-se por gosto a liberdade;
E depois que a paixão na alma se apura,
Alguns então lhe chamam desventura,
Chamam-lhe alguns então felicidade.
Qual se abisma nas lôbregas tristezas,
Qual em suaves júbilos discorre,
Com esperanças mil na ideia acesas.
Amor ou desfalece, ou para, ou corre;
E, segundo as diversas naturezas,
Um porfia, este esquece, aquele morre.

BOCAGE, 1969. Opera Omnia. Vol. 1.